Carta de Despedida - SONU 2015

Quando eu penso na SONU, a primeira lembrança que me vem à cabeça é a de uma das minhas primeiras aulas na Faculdade de Direito da UFC, quando foi solicitado por um professor que os alunos falassem um pouco sobre cada um e sobre o que eles mais gostavam no ambiente acadêmico.


Nessa oportunidade, uma das alunas, que viria posteriormente a ser uma grande amiga (Natália Pinheiro), começou a falar sobre esse projeto que ela havia participado e de como ele proporcionava a oportunidade de você defender pontos de vista diferentes. Esse projeto era a SONU.


Assim, meu interesse pelo projeto se iniciou, primeiramente como participante, na SONU Beta de 2012, na qual participei em conjunto com uma grande amiga, Isabelly Cysne e, posteriormente, na SONU 2012.


No ano seguinte, já impossível largar o projeto e decidimos entrar para a diretoria. Ela acabou indo para o ACNUR e eu para o CPCJC, no qual tive o prazer de trabalhar com pessoas incríveis como Juliana Felix, Felipe Daminelli, Luana Andrade, Lara Teles e Luís Feitosa.


Em 2014, continuei no projeto, com uma proposta de temática formulada em conjunto com a Luana Andrade e que contou com Alysson Bezerra, Cintia Campos e Lara Dourado Pereira na diretoria do Conselho de Direitos Humanos. A experiência de ter feito parte da edição história de 10 anos do programa, acompanhar toda a evolução, ao longo dos anos, e do crescimento contínuo do interesse dos participantes e organizadores fez com que o carinho por esse projeto se solidificasse.


Então, no final da gestão do Secretariado de 2014, a SONU enfrentava uma mudança de cenário: quase todos os seus secretários estavam se formando, se é que ainda não haviam se graduado. Iniciou-se, então, a busca por novos membros, dispostos a perder algumas noites de descanso em prol do sucesso da Simulação.


Foi um momento de incertezas e de assumir grandes responsabilidades. Muitos, quiçá todos os secretários aceitaram o desafio, não por um desejo pessoal em ocupar aquele cargo, mas sim pelo amor ao projeto e vontade em vê-lo prosperar e continuar gerando frutos.


Assim, começou a gestão do Secretariado de 2015. Lembro-me de pensar, no dia da reunião que ocorreu a eleição, em como eu estava deslocada por não conhecer quase ninguém que iria integrar a nova administração. Os trabalhos logo se iniciaram e as ideias, bem como a afinidade, foram surgindo.


Durante esses quase 11 meses em que eu vivi a experiência de ser Secretária-Geral da SONU, o sentimento de responsabilidade pela excelência da Simulação me deu força e determinação até o último minuto. Mas nada disso seria possível se o destino não tivesse me concedido a honra de trabalhar com pessoas tão competentes e excepcionais como Andrea Macedo, Beatriz Santos, Bianca Collaço, Daniel Cunha, Falkner Moreira, Geórgia Oliveira Araújo, Igor Cavalcante, João Lucas Almeida, Lara Dourado e Taís Lemos.


Agradeço, de coração, a cada um de vocês, por toda a dedicação, carinho e paciência dispendida com esse projeto no último ano. Por todas as noites mal dormidas, domingos na faculdade, reuniões nas madrugadas e correria ao longo dos eventos. Obrigada por terem aguentado até o fim e não terem perdido a fé.


Meu muito obrigada, ainda, a todos que apoiaram um dos objetivos do Secretariado 2015, a expansão do projeto SONU Escolas. Neste ano, realizamos a simulação na E.E.M. Adauto Bezerra, Colégio 7 de Setembro e Colégio Batista, cumprindo com um dos pilares da universidade pública e do nosso programa: realizar, efetivamente, a extensão, levando o modelo de Simulação das Nações Unidas para o Ensino Médio.


Não poderia, ainda, deixar de agradecer o apoio, comprometimento e, principalmente, a amizade de todos os Diretores que integraram a organização da SONU 2015. Vocês são excepcionais!


Então, se daqui a alguns anos me perguntarem qual a maior e melhor lembrança você guarda da minha graduação, eu não hesitarei em dizer que a SONU representou o que houve de mais significativo e engrandecedor em todos esses anos.


Deixo ainda meus sinceros votos de coragem e perseverança para o Secretariado da SONU 2016.


Portanto, fica aqui meu muito obrigada à SONU, por todo o conhecimento e engrandecimento acadêmico e pessoal e, especialmente, a todas as amizades que se iniciaram nesse projeto, mas que eu levarei para vida.


Com imensa gratidão, encerro oficialmente as atividades da 11ª Simulação da Organização das Nações Unidas.


Isabela Liberato G. Monteiro

Secretária-Geral da Simulação da Organização das Nações Unidas, 11ª edição - 2015